Home / Blog / O que é economia colaborativa e as parcerias que uma PME pode fazer com elas

O que é economia colaborativa e as parcerias que uma PME pode fazer com elas

Entenda o que é economia colaborativa, conheça alguns exemplos e veja como funciona a economia colaborativa para empresas.

A economia colaborativa é uma tendência que está mudando o mercado. Veja como ela pode auxiliar a sua Pequena e Média Empresa (PME).

Você sabe o que é economia colaborativa?

A economia colaborativa é uma tendência que chegou com a transformação digital, o avanço da internet com sua capacidade de encurtar distâncias e aumentar a interação entre pessoas e empresas.

Ela é dividida em diferentes tipos de parcerias, cada uma com foco na resolução de problemas.

Mas quais são essas parcerias que a economia colaborativa para empresas pode trazer? E como elas podem ajudar na rotina de trabalho de seu negócio?

Neste post, você vai entender melhor o que é economia colaborativa.

Veja, agora, um pouco mais sobre esse movimento que está alavancando empresas e confira alguns dos benefícios que podem se aplicar a você. Além de alguns exemplos de economia colaborativa para empresas que estão fazendo grande sucesso.

Leia também: O que é contabilidade online, como funciona e 10 vantagens

O que é economia colaborativa, afinal?

Não é difícil entender o que é economia colaborativa.

Veja esta definição do que é economia colaborativa:

“Economia colaborativa é uma rede de relações entre pessoas, empresas e organizações com o objetivo de compartilhar recursos, sejam eles humanos, monetários, físicos ou intelectuais. Assim, empresas e pessoas podem ter acesso a bens e serviços sem que os adquiram, necessariamente, por meio da troca, do compartilhamento, da união de forças e outros meios”

Ficou claro pra você o que é economia colaborativa? Então, vamos ver agora alguns exemplos de economia colaborativa para empresas e como ela pode beneficiar seu negócio.

Mas antes, confira este vídeo que vai te mostrar ainda mais claramente o que é economia colaborativa, produzido pelo SEBRAE:


4 exemplos de economia colaborativa

Confira agora alguns exemplos de economia colaborativa para empresas e descubra como ela pode ajudar seu negócio a crescer cada vez mais.

1. Coworking

O coworking é um espaço colaborativo onde as barreiras físicas de um escritório comum são derrubadas. E isso é realmente no sentido literal.

Um espaço de coworking não tem paredes dividindo os setores, e é um lugar onde pessoas de diferentes áreas e setores — e de diferentes empresas — compartilham um mesmo ambiente para trocar ideias e desenvolver soluções para problemas.

Muitas vezes, o espaço pode ser alugado por um profissional liberal que quer fugir das tentações do home office. Ou até por uma PME inteira que esteja buscando interagir e compartilhar ideias de pontos de vistas diferentes.

Veja mais sobre coworking neste vídeo do Meio & Mensagem:


2. Contabilidade digital

Mais no sentido de outsourcing, já existe o serviço de contabilidade digital.

Contando com os serviços de uma empresa parceira, profissionais liberais, PMEs, MEs, MEIs e microempresários podem reduzir o custo, o tempo e a preocupação com processos contábeis, podendo focar na estratégia, no negócio e nos clientes.

Assim, o micro, pequeno e médio empresário tem acesso, na nuvem, não apenas a um sistema de contabilidade, mas a contadores.

Esse profissionais são registrados e experientes e cuidarão da contabilidade da empresa, com rapidez, agilidade e proatividade.

Veja um exemplo de contabilidade online que você pode usar em seu negócio:


Saiba mais: Contabilidade Online X Contabilidade Tradicional: qual usar?

3. Crowdsourcing

O termo basicamente significa “usar a inteligência coletiva para resolver problemas”. O crowdsourcing já está tão difundido na internet, que muitos fazem parte de um sem nem ao menos saber.

Através do crowdsourcing é possível, por exemplo, expor a sua necessidade de um novo design para um novo produto a uma comunidade de designers, explicando um pouco sobre esse produto, o seu prazo e quanto está disposto a pagar.

Dessa forma, os próprios membros da comunidade irão ver o que você precisa e os que tiverem interessados enviam os seus projetos para que você escolha o mais interessante dentro de um leque grande com diferentes opções de estilos e gostos.

Um exemplo de crowdsourcing é o Encontre um Nerd, em que você pode encontrar o profissional que precisa para resolver problemas de tecnologia em sua empresa.

Conheça:


4. Crowdfunding

Do inglês, significa basicamente financiamento coletivo. Ou seja, várias pessoas contribuem para o financiamento de um projeto no qual o seu criador não tem o capital inicial necessário para colocá-lo em prática.

Um dos maiores exemplos de crowdfunding hoje é o Kickstarter, que é uma comunidade que junta ideias precisando de financiamento, e, dependendo do valor doado, diferentes brindes são dados aos financiadores.

Confira mais um exemplo de empresa de crowdfunding, a Catarse:


E então, pronto para alavancar a sua empresa com novas ideias e parcerias? Conte-nos um pouco sobre alguma experiência que você já teve nos comentários abaixo!

Quer uma colaboração da Qipu para entender um pouco mais sobre contabilidade? Então, baixe nosso e-book gratuito: Dicionário de Contabilidade

Equipe Qipu

Apr/7/2015

Economia colaborativa , Crowdsourcing , Faturamento bruto , CNPJ , Baixo risco - Anvisa

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web