Home / Blog / O que é Capital Social? Como definir seu valor?

O que é Capital Social? Como definir seu valor?

Entenda o que é Capital Social de uma empresa, como definir esse valor e como formalizá-lo em seu contrato social, quando necessário.

Entenda o que é Capital Social e descubra como definir seu valor

Sem tempo para ler? Que tal ouvir esse texto? Clique no play e ouça a matéria:


Você sabe o que é Capital Social de uma empresa?

O nome parece complicado, mas, se você prestar atenção, vai ver que ele se divide em duas palavras fáceis de entender:

  • Capital: você sabe, significa dinheiro investido (ou outros valores também)
  • Social: neste caso, se refere a uma sociedade, uma empresa com sócios

Portanto, ficou fácil de entender o que é Capital Social:

São os valores investidos em uma sociedade empresarial!

Veja uma definição mais completa do que é Capital Social:

Capital Social é o valor inserido em uma empresa, seja em dinheiro, bens tangíveis ou intangíveis.

Neste post, vamos te mostrar com clareza o que é Capital Social de uma empresa e até um exemplo de Capital Social.

Leia também: O que é Razão Social e Nome Fantasia - Entenda a diferença entre eles

O que é Capital Social de uma empresa: veja mais detalhes

Ao abrir uma empresa é necessário estabelecer um Capital Social inicial. Ou seja, um valor para iniciar a empresa e mantê-la viva até que comece a render lucros.

Além de valores em dinheiro, em caixa ou em conta, entram no Capital Social:

  • Bens tangíveis, como carros, imóveis e matéria-prima.
  • Bens intangíveis, como marca (nome comercial), patentes e domínios de internet. Tudo isso conta e deve constar no Contrato Social da empresa.

Confira esta imagem do blog engenharia societária que ilustra os tipos de valores que podem compor o Capital Social:

Em caso de empresas com sócios, esta é uma maneira de calcular a participação de cada um deles no negócio.

Veja um exemplo de Capital Social dividido entre os sócios:

Uma empresa possui dois sócios.

O sócio nº1 contribui com R$60.000,00 em dinheiro.

O sócio nº 2 contribui com um carro de R$30.000,00 mais R$10.000,00 em dinheiro.

Dessa forma, o Capital inicial da empresa é R$100.000,00, ou seja, a soma do valor dos bens.

O Sócio nº1 tem participação de 60% e o sócio nº2 tem participação de 40% na empresa.

Essa definição é importante em duas situações:

Caso a empresa adquira dívidas e venha a falir, o valor estabelecido no Capital Social é o valor máximo pelo qual os sócios são responsáveis como Pessoa Física.

Em caso de processos, o Capital Social é o valor máximo que poderá ser cobrado da empresa como indenização.

Caso a empresa cresça, o negócio se torne lucrativo e fature cada vez mais, cada sócio terá a participação nos lucros correspondente às suas contribuições.

Entenda: Por que ter um sócio? Vantagens e desvantagens

Como definir o Capital Social de sua empresa?

Ao constituir seu negócio, é importante ter em mente que ele não vai começar a gerar lucro imediatamente.

Por isso, você deve ter uma reserva para poder pagar as despesas como energia, aluguéis, salários, entre outras. Porque seu faturamento inicial ainda será baixo para isso.

Caso a empresa não tenha essa reserva, será preciso tirar do bolso dos sócios. Mas isso não é assim tão simples.

Você não pode simplesmente colocar dinheiro na conta da empresa. É preciso integralizar esse capital, o que significa alterar seu contrato social (você verá mais sobre isso adiante). Portanto, pense com cuidado de quanto precisará nos primeiros 3 ou 6 meses de seu negócio e defina esse valor como seu Capital Social.

Lembre-se que se a maior parte do Capital Social for de bens tangíveis e intangíveis, esse valor não estará disponível para cobrir despesas. Portanto, incluir em seu capital Social uma reserva monetária em dinheiro pode ser uma boa maneira de evitar problemas futuros.

Fique atento para que o valor do Capital Social seja compatível com o patrimônio que os sócios da empresa declaram em seu imposto de renda pessoa física.

Afinal, o dinheiro usado para constituir a empresa precisa ter uma origem comprovada.

Ficou claro para você o que é Capital Social de uma empresa? Então, confira este vídeo da Universidade Financeira que traz todos os detalhes sobre este tema:

Formalização do Capital Social

Ao abrir a empresa, o valor do Capital Social deve ser discriminado no Contrato Social. Esse registro do Capital Social no Contrato Social é chamado de subscrição.

Caso, futuramente, os sócios desejem aumentar este capital, o Contrato Social deve ser alterado e registrado em uma junta comercial.

Veja como funciona o Capital Social para MEI, EI e EIRELI:

  • Capital Social de MEI - Microempreendedor Individual

Ao abrir uma empresa MEI, o Capital Social não precisa ser discriminado, sendo necessário apenas inserir um valor inicial, em reais, ao solicitar a abertura da empresa.

  • Capital Social para EI - Empresa Individual

No caso de EI, não existe um valor mínimo para o Capital Social. No entanto, nas empresas individuais, o património pessoal do sócio serve como garantia para as dívidas do negócio!

  • Capital Social para EIRELI - Empresa Individual de Responsabilidade Limitada

Para as EIRELIs, o valor do capital Social é maior, e deve ser de, no mínimo, 100 salários mínimos.

Saiba mais: 10 dicas para progredir e manter a sua MEI regularizada

Quer mais dicas sobre contabilidade? Então, baixe nosso e-book gratuito: Dicionário de Contabilidade

Equipe Qipu

Oct/5/2016

Capital social

Compartilhe

Facebook Twitter Linkedin Google+

Não deixe de ler também

BAIXE GRÁTIS O APLICATIVO | Ou acesse a versão web